Impressões dos mergulhos no campo de esponjas:

SponGES

Campos extensos de esponjas Pheronema carpenteri têm sido descobertos pela equipa do LULA1000, a sul da ilha do Pico.

Estas comunidades foram estudadas durante uma série de mergulhos no verão de 2018, em colaboração com o IMAR da Universidade dos Açores, no âmbito do projeto europeu SponGES (Deep-sea Sponge Grounds Ecosystems of the North Atlantic).

 

Durante as missões com o submersível tripulado LULA1000, foi realizada a documentação em vídeo das comunidades, e foram recolhidas amostras de esponjas e de fauna associada.

Mais informação sobre o projeto SponGES (H2020 Blue Growth BG1 call):

http://www.deepseasponges.org